Há 300 anos, uma tormenta deu início ao fantástico Museu do Pirata.

A História do Museu do Pirata

Na era de ouro da pirataria nomes como Barba Negra atacavam navios mercantes. E ainda buscavam tesouros para carregá-los. E a era de ouro da pirataria teria durado de 1650 a 1730 portanto.

O Whydah era um dos navios pirata da época. E seu capitão foi Black Sam Bellamy. Bellamy, também conhecido como “Black Sam”. Ele esperava se aposentar enchendo o navio com tesouros. Porém, em 1717 o navio afundou em uma tempestade em Cape Cod. Assim mais de duzentos anos se passaram. Os destroços do Whydah e as riquezas foram dados como perdidos. Entretanto, o navio foi finalmente encontrado em 1984 por arqueólogos marinhos. Os artefatos trazidos do fundo do oceano estão em exposição hoje no museu do pirata Whydah.


O Museu do Pirata Whydah

O Museu do Pirata Whydah está West Yarmouth, Massachusetts – Estados Unidos. O museu abriga milhares de itens do naufrágio do Whydah. Dessa forma abriga a maior coleção de artefatos piratas recuperados de um único naufrágio em qualquer lugar do mundo.

Para conhecer mais sobre o momento histórico o museu preparou esse guia

Atrações e a réplica do Whydah

O museu está cheio de atrações. Isso porque conta com áreas de exposição, a sala de teatro do sino, uma réplica parcial do Whydah Gally, uma loja de presentes e livraria, e o SeaLab and Learning Center – o laboratório de conservação local do museu. O museu agrada pelo moderno e o histórico. Afinal é uma instalação de última geração com iluminação LED de cinema, telas planas e alto-falantes surround.

Pode ser uma imagem de área interna
Replica do Whydah
Pode ser uma imagem de área interna
Milhares de moedas foram encontradas no naufrágio Whydah. Muitas foram peças de oito, a coisa mais próxima de uma cunhagem universal no Atlântico na época. 🏴 ☠️
Pode ser um close-up
Os conservadores do Museu Whydah Pirate estão a trabalhar numa concreção que até agora contém uma ou duas pequenas barras de ouro, moedas de prata e uma pistola! A equipa acredita que os artefactos pertenciam a um pirata que guardava o seu esconderijo numa bolsa ou numa caixa pequena enquanto estava a bordo do Whydah. A concreção foi recuperada recentemente pela equipa do @whydahdive

Miniatura do Whydah

Pode ser uma imagem de marcenaria

Esta notável réplica do Whydah Galley foi feita por Eloie L. Morin e foi construído inteiramente a partir da madeira de um piano. Começando em 1987 e concluído em 1989, demorou exatamente 2,138 horas para construir.O Whydah foi construído no estaleiro Castles, perto de Londres, Inglaterra, como um navio negreiro e foi lançado em 1716. A maioria dos navios negreiros ingleses na época eram controlados pela Real Companhia Africana, mas o Whydah foi financiado em privado por um grupo de ricos Investidores.O Whydah era uma galé de 300 toneladas e três mastros, o que significa que podia ser remada durante os ventos calmos. Era um navio rápido e podia atingir velocidades de 13 nós. A viagem de 5,000 milhas da África Ocidental para as Caraíbas pode demorar até três meses.No inverno de 1717, Whydah estava na última etapa da sua viagem de volta a Londres quando foi capturada perto das Bahamas por um grupo de piratas liderados pelo capitão Sam Bellamy. Ela foi destruída alguns meses depois nas margens do Cape Cod, 26 de abril de 1717.

fobte: https://www.facebook.com/discoverpirates/

Sam Bellamy e BlackSails da Netflix

Uma das séries da Netflix que aborda o mundo dos piratas é a Black Sails. Uma versão ficcional que reuniu os grandes de nomes de pirata ou suas caracterizações físicas como Jack Rackham, Barba Negra ou Edward Teach entre outros.

Sam Bellamy é citado na terceira temporada. Provavelmente para dar ares mais históricos à trama.


Localização do Museu do Pirata

Whydah Pirate Museum
674 MA-28
W. Yarmouth, MA 02673
USA

Tel: (508)534-9571

Compartilhe